Ah, o Rio esse velho clichê…
Rio que Inventa modas – Rio de ciclos do novo, do velho e do clichê que se repagina.
Não tem jeito. As coisas viram clichê porque agradam, são boas e então se repetem… até serem chamadas de clichê.  O que é bom é assim. O Rio é bem assim.
Rio Midas – o que toca o Rio no Rio, fica precioso.
Rio Pop. Rio Novidade. Rio Delicia.
Do leme ao pontal, o coração do nosso Brasil.
Cidade Maravilhosa. Superestimada? Mimada. Apaixonada.
Nas suas noites ao luar vejo luz em seus olhos. Olhos de cidade purgatório de beleza e caos.
Antagônica. Paradoxal. Em meio a vida que passa no rio,  só vive quem não tem medo.
É D2, Rio hardcore.
Vários Rios num só. E há quem diga, falaê Cidinho, que tem Rio que pra entrar tem gente que treme.
Ó Rio de meus primeiros sonhos. Cadê você?
Rio que alegra, assusta, incomoda e, mesmo assim, nos seduz.
Rio de favelas, abro o meu peito e canto o amor por você, diria Arlindo.
Mas te beijo Rio de Janeiro, não deixo  nenhum aventureiro lançar mão de voce.
Ah, isso nao!
Sabe quando a gente acha que pode falar de alguém que ama justamente porque ama, mas nao deixa mais ninguém falar? Pois é, ai de quem falar mal do Rio.
Reclamar? criticar? sö os cariocas podem.
Cariocas sao sacanas e nao gostam de dias nublados.
Sabe que eu acho que é esse o problema do Rio: sol e sal do mar. A culpa é do sol e dos lindos cartões postais banalizados pela constância.
Rio metido. Rio sexy.
Rio dos filmes, das animações. rio de música e de poesia.  Rio da fotografia. Rio de Instagram.
Já experimentou pousar no Santos Dummont e olhar pela janela do avião? Ou chegar na Lagoa fingindo que é a primeira vez? É impactante. Tom Jobim imortalizou o que sentimos ao chegar no Rio.
Não, não cansamos.
O Rio que apronta e pisa na bola tem sorriso maroto e olhos que riem. Por isso Deus perdoa. Porque Deus é carioca (o Pensador levantou essa bola!).
Rio do Chico Buarque de cidadãos Inteiramente loucos com carradas de razão.
Loucos?  Talvez.
O Rio é perfeitamente imperfeito e não há como ser indiferente. quem é do Rio de Janeiro leva alegria pra milhões de  coraçoes brasileiros. Me desculpem os outros, mas ter o espírito carioca é fundamental.
Rio 450 anos. Aquele abraço.

Deixe uma resposta