a-paixao-segundo-adelia-prado-editadaO carioca Lipy Adler realizou um grande sonho. Dia 1º de dezembro estreou nos cinemas seu primeiro filme, “O Último Virgem”, escrito e produzido por ele, que também atua no longa.

No elenco ainda estão Fiorela Mattheis, Camila Rodrigues e Márcio Kieling, entre outros. “Sonho com esse dia há 6 anos, quando escrevi este roteiro em um quarto da casa da minha mãe, no Jardim Botânico. As ideias vinham e eu não conseguia parar de escrever”, lembra ele.

Tudo começou em 2005, quando Lipy escreveu a peça de teatro “O Último Virgem Carioca”, juntou dinheiro com a ajuda de amigos e familiares, vendeu um carro e produziu o espetáculo, que ficou em cartaz no Rio de Janeiro, além de viajar para algumas cidades. A peça foi transcrita para roteiro de cinema em 2010.

A partir daí, Lipy começou a produzir eventos com o intuito de juntar dinheiro e abrir uma produtora, a Patota Produções Artísticas. O lado empreendedor fez surgir também o Yndú Lounge, um bar badalado no Baixo Leblon.

“O Último Virgem” é um filme de baixo orçamento feito com várias parcerias, entre elas Downtown Filmes, Paris Filmes, Paramount, Telecine e Riofilme.

Formado pela CAL (Casa de Artes Laranjeiras), Lipy atuou em peças, participou de novelas, do filme “Era Uma Vez” e está no elenco do longa “Ela é o cara”, que está sendo filmado no Rio de Janeiro. Para completar, ele também é cantor e compositor e tem na trilha sonora do seu filme a música de sua autoria “Para-raio de Piriguete”.


 

Deixe uma resposta