Clarice Lispector ganha estátua de bronze na praia do Leme

maquete clarice marmore melhor

maquete da obra de Clarice Lispector

placa 2 melhor

placa Clarice Lispector

estatua leme edgar duvivier

Edgar Duvivier e sua obra – estátua de Clarice Lispector

placa 1 melhor

placa – frase de Clarice Lispector

        Quem curte dar uma volta no calçadão da praia, encontra homenagens e arte por toda a zona sul. Começando no encontro de Ipanema com o Arpoador, onde se cruza com um Tom Jobim, com o violão sobre o ombro a caminhar. Seguindo para Copacabana, no Posto 6, ao lado do Forte de Copacabana, o Dorival Caymmi saúda quem passa, também com violão em mãos. Não muito longe, no mesmo calçadão, o poeta Carlos Drummond apenas vê a vida passar, serenamente sentado em um banco de Copacabana. Cada vez mais reforçado, um “timaço” de poetas, músicos e compositores brasileiros tem sido imortalizado com estátuas em tamanho real, distribuídas sem pedestais por locais que frequentavam, quando vivos.
A mais nova aquisição da orla da zona sul , é a estátua de Clarice Lispector, instalada no sábado dia 14 de Maio e inaugurada no domingo, na Pedra do Leme,tendo como paisagem, a orla de Copacabana, o morro Dois Irmãos e a Pedra da Gávea.
A escritora, que morou no sétimo andar do prédio número 88, da rua Gustavo Sampaio, no Leme, entre 1959 e 1977 (ano de sua morte), foi retratada com seu fiel cãozinho Ulisses. O animal surge em contos e crônicas de Clarice.
Obra do escultor Edgard Duvivier (foto), pai do humorista Gregório Duvivier ( porta dos fundos). À frente do projeto, também estiveram a atriz Beth Goulart, que encena o espetáculo – “Simplesmente Eu, Clarice Lispector” , e a biógrafa – Teresa Monteiro, autora de ” Eu sou uma pergunta”.
Em tempos de tantas reclamações por mulheres nos ministérios e cargos de chefia, inaugura-se a primeira estátua de uma artista mulher – segundo Teresa Monteiro.
O escultor, Edgar Duvivier, de 61 anos, na manhã do sábado dia da instalação, fez pessoalmente, os últimos ajustes, como a instalação das placas. Edgar afirmou que, inicialmente não havia verba para viabilizar o projeto, mas foi então que, surgiu a idéia de vender 40 maquetes da obra ao custo de R$ 2.500 ,cada, para arrecadar o dinheiro. Durante sua produção, em uma marmoraria em São Cristóvão, houve um roubo no local, e das 40, foram roubadas 11. Edgar continuou em seu projeto e para surpresa de todos, as 40 obras foram rapidamente vendidas.
A escritora e jornalista, Clarice Lispector, nasceu na Ucrânia ,de onde a sua família fugiu devido à perseguição aos judeus, e foi naturalizada brasileira. Ela morou em dois endereços no Leme. Além da residência na rua Gustavo Sampaio — que hoje é habitada pela atriz Zezé Mota —, a escritora viveu em um apartamento no número 2 da rua General Ribeiro da Costa, segundo a biógrafa Teresa Monteiro.
Clarice (1920-1977) e o seu cão Ulisses têm sido protagonistas de contínuas selfies e fotografias desde que, em bronze, se instalaram ali, na pedra do Leme, com o morro Dois Irmãos e a vista de Copacabana ao fundo.
Com mais esta obra de arte em bronze, inaugurada, a orla da “princesinha do mar” – Copacabana, cada dia, passa a ser uma orla mais poética.

Carlos Drummond de Andrade bronze Copacabana posto 6

estátua de Tom Jobim arpoador-Ipanema

estatua de dorival caymmi copa melhor

estátua de Dorival Caymmi – Copacabana posto 6

estatua tom jobim arpoador melhor

Estátua Tom Jobim – Arpoador – ipanema

estatua clarice 1 melhor

Estátua de Clarice Lispector – pedra do leme

Deixe uma resposta

1 comentário

  1. Rafael da Silva

    Olá gostei das dicas! Vou continuar te seguindo!