Conheci a Teca Nicolau mediante contato pelo facebook.

Ela se disse interessada em homenagear os 90 anos da Berta Loran com uma exposição na Sala Carlos Couto, anexa ao Teatro Municipal de Niterói e eu topei de primeira.

Achei que seria mais uma homenagem a essa grande atriz comediante.

Com o tempo fui entendendo a dimensão que essa exposição se tornaria.

E realmente eu estava certo. A Teca Nicolau é boa demais no que faz.

A exposição está linda, a Berta Loran amou o que viu e nós precisamos divulgar bastante essa exposição pra que o publico tenha oportunidade de conhecer um pouco da vida e carreira artística desta grande comediante, através do olhar da Teca Nicolau.

 Vamos conhecê-la um pouco mais através da entrevista abaixo…

 

 Fale um pouco sobre a sua historia como curadora e diretora de arte da Sala Carlos Couto, anexo ao Teatro Municipal de Niterói?

Na verdade comecei a trabalhar como curadora de artes plásticas no Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, depois que entrei na Sala Carlos Couto – anexo do teatro Municipal de Niterói, fiquei sabendo que a sala não é uma galeria de arte, e sim um anexo do Teatro Municipal, que tem como objetivo interagir com a programação do teatro,   então , eu pensei, porque não fazer da sala, uma sala que resgata a historia dos artistas, do teatro, cinema, radio, enfim, todas direções, da arte e de todas as épocas.

Há quanto tempo você é a responsável pela programação da Sala Carlos Couto?

Como responsável há 15 anos

Que outros homenageados você já expôs?

Aracy de Almeida, Oscarito,  Emilinha Borba, Ademilde Fonseca, Dercy Gonçalves, Pixinquinha, Marlene, Dircinha Batista (irmãs Batista).

Qual foi a sua exposição de maior sucesso?

Emilinha Borba, com 2.800 visitantes.

De onde surgiu a idéia da exposição BERTA LORAN: 90 AN0S?

Na verdade a idéia, da Berta, foi quando eu vi em rede social (face) , que tinha um Jornalista e produtor, João Luiz Azevedo, que na época, eu nem sabia quem era,  estava divulgando as comemorações aos 90 anos da atriz Berta Loran, e vi que  nessas comemorações teria show, exposição, e ainda um lançamento do Livro “Berta Loran, 90 anos de Humor”.

Ai, eu pensei! Porque não aproveitar as comemorações, e trazermos também  para sala Carlos Couto, então deixei uma mensagem para o João Luiz Azevedo, no face, e, ele no dia seguinte me ligou, e aceitou o convite para essa homenagem a Berta Loran, .

Por que a Berta Loran?

Nossa!!! Por quê ela? Conheço a carreira da atriz a muito tempo, deste o “ Viva o Gordo”, e assistia a novela “ Amor com Amor se paga”,  eu adorava  a sua personagem Frosina, era cômica e também na “Escolinha do Professor Raimundo”, ai eu pensei, poxa, 90 anos, tem muita coisa para contar de sua carreira  e  eu aprender, e assim foi, aprendi mesmo.

Você sabe dizer se a artista homenageada, Berta Loran gostou da exposição?

Ela adorou, se emocionou, ficou encantada com a exposição.

O que você diria para a Berta Loran nesse momento, passado a emoção do lançamento na última 3ªf, dia 29/03?

Berta Loran, você me emocionou, com a sua vida, com sua carreira, a sua vitalidade, simplicidade, o seu talento, a sua humildade,  sinceridade e a sua garra.

Você fez dessa noite, uma noite emocionante, não só para mim, mas para todos que tiveram  com você.

 Quanto tempo de criação, produção e montagem desta exposição?

3 meses

Quais foram as maiores dificuldades e facilidades na montagem dessa exposição?

Nenhuma, tive o apoio de todos, do produtor João Luiz Azevedo, da fotografa Ângela Zaremba, e da minha equipe Jorge Moreira, Fátima Marotta, Marquinhos e o Designer Eliezer André

Fale sobre a essa homenagem a Berta Loran. Quantos e quais painéis compõem essa exposição?

Foram 10 painéis, com as informações de sua carreira, no cinema, teatro, novela, família, e encontros com amigos, e 3 bonecas da própria atriz no tamanho real.

Qual você mais gosta?

A que eu mais gosto, esta logo na entrada da Sala, abrindo a exposição, foi a boneca que reproduzimos do seu show solo “Divirta-se com Bera Loran”, ela de chapéu, e short. É linda!

Quem é a sua equipe? Você trabalha sozinha?

Minha equipe, na verdade, é a mesma do Teatro Municipal, começa da manutenção a bilheteria, telefonista, camareiras, palco, administração e produção, cada um em seu momento.

Além da Sala Carlos Couto, onde mais você expõe seus trabalhos?

Centro Cultural Abrigo dos Bondes e faço trabalho de curadoria e Produção Executiva para alguns artistas pela minha empresa Teca Nicolau Produções e Curadoria.

Tem alguma outra exposição sua, atualmente  em cartaz?

Minha, não, a que faço curadoria e produção executiva é a exposição do Michael Jackson, do artista Selmo Wander, que esta nesse momento em Recife.

Tem intenção que essa exposição seja apresentada em outros lugares do estado ou do país?

Sim

Planos futuros?

Gostaria muito que algum Centro Cultural ou  Teatro se interessasse por apresentar essa exposição da Berta Loran, porque a carreira dessa grande atriz não pode ser guardada, desmontada ou esquecida.

 

 

 

 

Deixe uma resposta